Uma escolha simples!

quarta-feira, 7 de março de 2012

MUITOS POVOS EM TODO MUNDO ESTÃO EMPENHADOS, DOANDO SANGUE SUOR E LÁGRIMAS PARA SE VEREM LIVRES DE DITADURAS, DEVAGAR E RINDO ESTAMOS ABRINDO O BURACO DITATORIAL EM QUE UM DIA CAIREMOS - ALBERTO FIGUEIREDO

imagem surrupiada do site: A VERDADE SUFOCADA - DESCULPEM!


Os últimos passos de um povo que da união das raças e credos fez nascer uma nação que seria o país do futuro


Quinhentos anos para negros, brancos, pardos, mestiços, caboclos, católicos, cristãos, protestantes, espíritas, espiritualista, mesmo com algumas reservas formassem a nação mais miscigenada do mundo.

Oito anos para destruir tudo isso

O Estado brasileiro é laico, a maioria do povo brasileiro cristão católico

A maioria do povo brasileiro acata os ensinamentos cristãos

A maioria do povo brasileiro respeita todas as religiões, independente, se restrai em alguns casos quando se refere a ateus.Pela cultura.

Se o Estado é laico então que cada um possa professar sua fé.

Entra-se, na sala de um juiz católico, a exposição de um crucifixo (símbolo da sua fé) não pode ser tomado como uma agressão, da mesma forma que se fosse protestante e uma bíblia estivesse aberta no salmo de sua escolha, ou na sala de um que tivesse uma imagem do caboclo sete flechas.

O símbolo da cruz, dos seguidores do Cristo não vai interferir no julgamento, esta lá porque representa a fé da maioria dos que convivem naquele local.

O Brasil conseguiu durante anos superar obstáculos que poderiam ter destruído a nação, o povo brasileiro se une toda vez eu a pátria dele precisa sem que se façam fileiras de negros, brancos, mulatos ou índios e isso nos faz fortes.

Por haver na constituição uma palavra. “LAICO” estão dividindo o povo, com isso morre a nação brasileira e consequentemente a pátria.

É a estratégia do dividir para se apoderar, divididos, em negros, protestantes, católicos, gays, lésbicas etc. seremos grupos e não nação, assim será muito mais fácil os seguidores da besta vermelha destruir o que poderia um dia vir a ser liderança mundial e celeiro do mundo.

Distraídos nessa disputa sem fim, não conseguem ver que ladrões e assassinos entram pela porta da frente dos lares, retiram dos pais o poder orientador, desvirtua os conceitos, modificam os valores, invertem.

Estamos vivos, sabendo e aceitando coisas que jamais nos passariam pelas cabeças, abrimos nossos lares para que as telas das TVs, leve para nossas salas, apologia ao sexo, à violência, relações sexuais e desejos inaceitáveis de filho com pais, irmão com irmãs, genros com sogras e por ai vai.

Deixamos de lado tudo que nos foi ensinado porque alguns psicólogos e grupos com ideologias que fracassaram em outras partes do mundo estão se valendo da facilidade do nosso povo em crer em utopias.

Apaixona-se por pessoas de palavreado fácil (devido à falta de informação) crê e tem como filosofia sempre ganhar e com isso só perde. Enquanto (como diz o ditado: Em terra de cego quem tem um olho é rei) homens sem caráter, honra moral e ética, traçam os caminhos do futuro, possibilitando a grande parte desse povo uma forma de viver, sem passar fome, corrompendo-o, tornando-o subserviente e dependente do Estado.

Vão sem alarde dividindo o povo, desfazendo as instituições, invertendo valores, morais, éticos e religiosos, desmantelando as famílias (base de qualquer nação) e, com promessas vãs, mentiras, falsas informações vão passando a este povo crédulo a esperança de viver no país líder mundial e nação soberana.

Todos ou grande parte conhece o fim das histórias dos países cujo povo se deixou dominar por esta ideologia, barata, apodrecida. Tornaram-se vítimas de sua crença numa vida fácil, deixaram que o Estado ditasse todas as regras sem reagir, omissos, tornaram-se presas fáceis. Sempre que o povo se exalta um pouco mais, seguindo planos bem traçado apresenta alguma coisa que retire de foco o que causa a exaltação, escondem sobre propinas, ameaças e morte fatos que poderiam levar este povo a revolta.

E assim valendo-se de falsidade, mentira, suborno, crimes e armações vão destruindo o que um dia poderia chegar a ser uma nação ímpar na terra. Brasil! Onde brancos, negros, índios, mulatos, mestiços, amarelos, vermelhos, se unem para levar ao mundo o maior espetáculo da terra.

Há muitos anos um grande jornalista visitou seu país (vítima desta ideologia que de tão covarde esconde-se sob mantos de inverdades para alcançar seus objetivos) em guerra, ao ver a destruição e o derramamento de sangue de irmãos contra irmãos, vizinhos contra vizinhos, cada um defendendo a religião que achava correta, vitimas da semente de ódio e separatismo vagarosamente implantado em cada homem e mulher desse país disse:

Vem para cá tio Ben, aqui no Brasil há espaço para igrejas, terreiros de candomblé, templos evangélicos, seitas e cultos. Aqui tio Bem, nesse país, Deus colocou sob o céu sua marca, Ele reina, não importa por qual meio se deseje chegar a Ele, aqui são não admitem sua inexistência, nem poderiam, Ele marcou os céus dessa nação com a cruz do Seu Filho, ela brilha para que todos possam ver que este naco de terra recebe suas bênçãos todos os dias todas as noites.

E este povo esta sendo destruído por falsas promessas de homens inescrupulosos, por sua própria omissão e submissão possibilitando a perda da maior dos bens que Deus deixou para este povo, a alegria o fácil convívio a solidariedade a passividade, de quebra colocou todo este povo no pedaço de terra mais abençoado do planeta, mesmo assim a nação brasileira marcha rindo para a destruição dos seus valores mais queridos.


Liga de lésbicas pede, e TJ-RS retira crucifixos de prédios
06 de março de 2012 • 18h27
O Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) decidiu acatar, nesta terça-feira, pedido da Liga Brasileira de Lésbicas e de outras entidades sociais pela retirada dos crucifixos e símbolos religiosos nos espaços públicos dos prédios da Justiça gaúcha. A decisão, proferida na primeira sessão do ano do conselho, foi unânime.

O relator da matéria foi o desembargador Cláudio Baldino Maciel, que afirmou que o julgamento feito em uma sala de tribunal sob um "expressivo símbolo" de uma igreja e de sua doutrina "não parece a melhor forma de se mostrar o Estado-juiz equidistante dos valores em conflito". Segundo o relator, resguardar o espaço público do Judiciário para o uso somente de símbolos oficiais do Estado é o "único caminho que responde aos princípios constitucionais republicanos de um Estado laico, devendo ser vedada a manutenção dos crucifixos e outros símbolos religiosos em ambientes públicos dos prédios".

A sessão foi acompanhada por representantes de religiões e de entidades sociais. Nos próximos dias, será expedido ato determinando a retirada dos crucifixos.

Em fevereiro deste ano, a Liga Brasileira de Lésbicas protocolou na presidência do TJ-RS um pedido para a retirada de crucifixos das dependências do tribunal de foros do interior do Estado. O processo administrativo foi movido em recurso a decisão de dezembro do ano passado, da antiga administração do TJ-RS. Na época, o Judiciário não acolheu o pedido por entender que não havia postura preconceituosa na manutenção dos símbolos.
__________________________________________________________________________________
COMENTÁRIO:



Dom Luiz Gonzaga Bergonzini


Bispo Emérito de Guarulhos

Jornalista MTb 123

http://www.domluizbergonzini.com.br/



 
O demônio fechou o quadrado: Dilma Rousseff, PT, Eleonora Menicucci e Edir Macedo


Otimismo. Não queríamos chegar a esse ponto, pois esperávamos que as pessoas refletissem e tivessem o bom senso recobrado. Mas, infelizmente, isso não aconteceu! Pensando bem, foi otimismo demais de nossa parte, pois, há mais de 20 anos, o PT está tentando liberar o aborto no Brasil, com vários projetos de lei, a começar pelo famoso 1135/91 na Câmara Federal e no Senado em 2011, e não pode desistir desse compromisso assumido com os abortistas.

Um comentário que reaviva minhas raizes cristãs!  

Grato por ele, busquei a fonte, ei-la!

O demônio fechou o quadrado: Dilma Rousseff, PT, Eleonora Menicucci e Edir Macedo



Cruz de São Bento

Otimismo. Não queríamos chegar a esse ponto, pois esperávamos que as pessoas refletissem e tivessem o bom senso recobrado. Mas, infelizmente, isso não aconteceu! Pensando bem, foi otimismo demais de nossa parte, pois, há mais de 20 anos, o PT está tentando liberar o aborto no Brasil, com vários projetos de lei, a começar pelo famoso 1135/91 na Câmara Federal e no Senado em 2011, e não pode desistir desse compromisso assumido com os abortistas.

Propostas macabras. O aborto, a liberação do uso de drogas, a propagação da ideologia homossexual, a eutanásia, e outras propostas macabras que estão querendo impor às pessoas, são obras demoníacas e só causam o mal para o ser humano, antes de nascer, em vida ou na velhice. Perguntamos: Por quê o bebê deve ser morto antes de nascer e sua mãe transformada em assassina? Por quê liberar o vício devastador das drogas, que causa sofrimento para a pessoa e acaba conduzindo-a para a prática de crimes contra a família e a sociedade? Se não for morta antes de nascer e, se conseguir sobreviver às drogas, esses grupos pregam o assassinato das pessoas idosas, com a eutanásia ou ortotanásia. Esses grupos propõem assassinatos e sofrimento para as pessoas, famílias, parentes, amigos e para a sociedade. O mal nunca produz o bem.

Eleições de 2010. Há muito tempo vimos combatendo o aborto, o que pode ser verificado em nosso blog, na aba PT e Eleições, que inclui recomendações desde 2006. Em 2010, parte da imprensa quis nos vincular à campanha eleitoral do PSDB ou ao candidato José Serra. Como todos sabem, a tentativa de vinculação de nosso nome a qualquer partido ou candidato fracassou. A nossa campanha em defesa da vida não teve, não tem e não terá nenhuma ligação com partidos ou candidatos, como ficou provado na ação criminal movida pela candidata Dilma Rousseff e sua coligação, no TSE. Provamos que mentiras foram usadas para apreender o documento da Igreja Católica, denominado "Apelo a Todos os Brasileiros e Brasileiras". O Ministério Público Federal afirmou que não existiu crime e esclareceu que "Aliás, é natural e saudável que temas como esse sejam debatidos durante o período eleitoral, pois isso permite que os candidatos se posicionem, assumam compromissos, esclareçam suas ideias e pactuem com seus eleitores os termos de sua ação política. Em uma sociedade verdadeiramente democrática e plural, o período eleitoral deveria ser justamente o ápice desse tipo de discussão”. (aqui) O Tribunal Superior Eleitoral determinou a devolução do material, apelidados maldosamente de "panfletos". (aqui)


Partidos e ONGs. "Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância."(Jo 10,10). Afirmei, várias vezes, que o estatuto de meu partido é o Evangelho e o candidato único Jesus Cristo. Dediquei a minha vida, desde os 10,5 anos de idade a Jesus Cristo. Meu lema episcopal é "Oportet Illum Crescere", traduzido "É necessário que Ele(Jesus) Cresça". Alguns partidos políticos, ONGs e pessoas, que se autocaracterizam de esquerda, fazem qualquer coisa para atingir seus objetivos macabros. À falta de argumentos sólidos, atacam a Igreja Católica, por ser a defensora da vida. Consideram-se acima da ética e da moral. Adotam o método "os fins justificam os meios". Hitler e Stalin mataram milhões de pessoas (meios) para criar uma raça pura ou hegemônica ou justificar uma revolução (fins). Nosso trabalho, em defesa da vida, é contínuo, antes, durante e depois das eleições. Não temos nenhuma vinculação com partidos políticos ou candidatos. Aquelas pessoas, ONGs e partidos defensores dessas propostas macabras devem assumir a responsabilidade por seus atos.

Abortistas. Antes e durante as eleições de 2010, identificamos pessoas e grupos posicionados a favor do aborto, em especial: o PT, há mais de 20 anos; a candidata Dilma Rousseff e o dono da Igreja Universal, Edir Macedo, que até publicou vídeos. A presidente Dilma, coincidentemente, nomeou o sobrinho de Edir Macedo, o senador Marcelo Crivella, para o Ministério da Pesca. Os analistas políticos dizem que seria uma intervenção política, para reforçar a campanha do PT nas eleições da cidade de São Paulo. Nós interpretamos de outra forma: é o final da montagem da operação para aprovar o aborto.

Conferência das Mulheres. Algumas pessoas pensavam que a campanha a favor do aborto havia terminado, porque a presidente se dissera contra. Mas, em março de 2011, a presidente Dilma Rousseff convocou e financiou com dinheiro do povo a Conferência de Políticas para as Mulheres, realizado nos dias 15 a 18 de dezembro de 2011. Nessa Conferência, foi aprovada uma resolução específica para liberar o aborto, a de n. 58:

"58. Revisão da legislação punitiva do aborto no Brasil, assegurando a descriminalização e a legalização do aborto e o atendimento humanizado na Rede de Saúde Pública do SUS, para que seja garantida a autonomia da mulher e que nenhuma mulher seja punida, maltratada ou humilhada por ter feito um aborto e não corra o risco de morrer."

TJ-SP - Audiência Pública. No dia 24 de fevereiro, foi realizada uma audiência pública no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, sobre a reforma do Código Penal, conduzida por uma Comissão do Senado Federal. Os relatos sobre essa audiência são os piores possíveis: 1) o aborto foi o principal e único assunto; 2) não houve um critério ético na seleção dos palestrantes, mas um critério discriminatório, pois permitiram a inscrição de 50 favoráveis ao aborto e somente 5 contrários; 3) o propósito dessa Comissão é aprovar a liberação do aborto, mesmo que viole a Constituição Federal e o Pacto Internacional de São José da Costa Rica.

Eleonora Menicucci, a "avó do aborto". Os atos praticados pelas pessoas têm significados, que podem dizer o contrário do que elas falam. O PT e a presidente Dilma Rousseff sempre vão dizer que são contra o aborto. Porém, o ato da nomeação da ministra Eleonora Menicucci tem o significado contrário ao que dizem. Ela é uma antiga defensora do aborto, disse que já matou crianças que estavam em seu útero e fez curso para praticar abortos em outras mulheres. Com a nomeação dessa pessoa, o ato da presidente Dilma Rousseff indicou aos parlamentares a sua posição favorável à liberação do aborto. Se o recado a ser dado fosse a favor da vida e contra a liberação do aborto, ela teria nomeado uma mulher a favor da vida e totalmente contrária à liberação do aborto.

Edir Macedo. É notório que o senhor Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus, é a favor do aborto. Há declarações, vídeos na Internet e escritos dele com esse posicionamento. Em interpretação teológica absurda, ele tenta usar a Bíblia para justificar sua posição. Onde entra o senhor Edir Macedo nessa conjunção macabra ? A presidente Dilma Rousseff já contava com o PT, seu partido, alguns partidos comunistas e com os abortistas financiados por bilionários americanos, para aprovar a liberação do aborto. Faltava mostrar que também tem o apoio de uma igreja, para dizer ao povo que até igrejas apóiam essa insanidade do aborto. E, o senhor Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus, seria o indicador do apoio de uma igreja evangélica para a liberação do aborto.

Quadrado. Em 2010, o deputado estadual Adriano Diogo, foi escalado pelo PT para vir a Guarulhos nos acusar de criminoso, por meio de jornal local. Disse ele que havia uma demonização do assunto aborto. Somos obrigados a concordar com ele. Somente o demônio poderia conduzir um processo tão insidioso, para matar ou fazer as pessoas sofrerem. No caso do aborto, a presidente Dilma Rousseff representa o executivo, o PT representa o legislativo, Eleonora Menicucci representa as feministas e abortistas e o sobrinho de Edir Macedo representaria uma igreja evangélica.

Mulher e Povo. A mulher é o símbolo da vida humana. Recebeu de Deus a sagrada dádiva de gerar a vida. O aborto é a cultura da morte. 82% dos brasileiros são contra a liberação do aborto. Os abortistas e juristas não representam o povo brasileiro.

Vida e morte. O demônio fechou o quadrado para tentar aprovar o aborto. Mas estamos preparados, com Jesus Cristo, para impedir esse genocídio e discriminação contra os filhos de mulheres pobres ou negras. Há muito, o Senhor da Vida já nos ensinou: “...ponho diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas com a tua posteridade.” (Dt. 30,19).


Dom Luiz Gonzaga Bergonzini

Bispo Emérito de Guarulhos

Jornalista MTb 123

www.domluizbergonzini.com.br

Postado por Dom Luiz Gonzaga Bergonzini


 



Um comentário:

  1. O demônio fechou o quadrado: Dilma Rousseff, PT, Eleonora Menicucci e Edir Macedo


    Otimismo. Não queríamos chegar a esse ponto, pois esperávamos que as pessoas refletissem e tivessem o bom senso recobrado. Mas, infelizmente, isso não aconteceu! Pensando bem, foi otimismo demais de nossa parte, pois, há mais de 20 anos, o PT está tentando liberar o aborto no Brasil, com vários projetos de lei, a começar pelo famoso 1135/91 na Câmara Federal e no Senado em 2011, e não pode desistir desse compromisso assumido com os abortistas.


    http://www.domluizbergonzini.com.br/

    ResponderExcluir

Use com moderação e identifique-se